Resumo Memórias Sentimentais de João Miramar

Resumo do Livro Memórias Sentimentais de João Miramar de Oswald de Andrade.

Resumo Memórias Sentimentais de João Miramar
Memórias Sentimentais de João Miramar

I) Identificação:

a) Obra (biografia): ANDRADE, Oswald. Memórias Sentimentais de João Miramar. São Paulo: Globo, 1929.

b) Autor: Oswald de Andrade.

c) Obra X Época literária: O livro faz parte da escola literária do Modernismo, que tem como principais características: Ruptura com o passado para levá-lo de volta às origens primitivas, a sua formação pura; ataques, geralmente satíricos, aos textos consagrados da nossa literatura. Dessa forma a historia se relaciona com o modernismo pois chama a atenção pela linguagem e pela montagem inédita, capítulos curtos que contam a vida de Miramar com humor e ironia(muito influenciado pela linguagem do cinema).

II) Enredo: João Miramar retrata os principais momentos de sua vida: a infância de muitos estudos, a viagem à Europa e quando retorna ao Brasil sabe que sua mãe havia falecido. O casamento com Célia, os acontecimentos que envolviam sua família durante a Primeira Guerra Mundial, o nascimento de sua filha Celiazinha, o caso romântico com Rolah (amante), que viria, mais tarde, a acabar com o seu casamento. No final ele vai à falência, sua amante o abandona, Célia morre e Miramar recupera a fortuna quando fica com a guarda da filha.

III) Narrador: A história é contada em primeira pessoa, como podemos ver nos seguintes exemplos: “... levaram- me para uma casa velha...” (Cap:3); "Entrei para a escola mista de D. Matilde." (Cap:5); "Não disse nada do que queria dizer a Madô." (Cap. 10).

IV) Personagens principais:

a) Características físicas: O livro não relata as características físicas dos personagens principais.

b) Características psicológicas:

- João Miramar: Adorava viajar, ter dinheiro e gostava de circos.Exemplos: “ Gostei muito da terra da Goiabada ...”(Cap: 4).

-Célia: Tinha apego ao dinheiro.

-Rolah: Só gostava de Miramar, pois ele tinha dinheiro, era do tipo “interesseira”, tanto que quando ele chegou à falência, ela o abandonou.

V) Tempo: Os capítulos ocorrem em ordem cronológica, mas com simultaneidade, ou seja, há vários fragmentos ocorrendo ao mesmo tempo e, alguns, sem ligação entre eles.

VI) Ambiente: O ambiente da história é de descobertas, como novas culturas e as maneiras que a sociedade age no dia-a-dia. Exemplo:” Que nem alma danada vi descer o primeiro Natal longe de casa na consulação duma dedicatória com fotografia...”(Cap25).

VII) Espaço: A história do livro se passa em São Paulo, Nova Lombardia, Rio de Janeiro, Santos e em várias cidades de vários países da Europa. Exemplos:” A vida de bordo pôs ruge para proximidades de Barcelona...” (Cap:35); “ Milão estendia os Alpes imóveis do orvalho...”(Cap:40).

VIII) Mensagem: O livro tenta nos mostrar que o dinheiro faz as pessoas agirem de maneiras diferentes para obtê-lo, como João Miramar que fazia de tudo pra mostrar que era importante na sociedade burguesa. Além disso, nos leva à acreditar que os casamentos só existem por causa do interesse financeiro.

IX) Opinião Crítica:

A forma e a linguagem da história são complicadas de se entender, e por isso gerou muitas dúvidas entre os integrantes do grupo mas depois de discussões, chegou-se a um consenso.

Não gostamos do livro, pois a narração não tem uma ordem direta dos fatos, existem várias palavras que foram inventadas pelo autor, há poesias introduzidas no meio da história e como tem alguns capítulos curtos, a seqüência de assuntos é mudada rapidamente, fica difícil entender o que se passa. Portanto, mesmo sendo um grande marco inovador na época em que foi lançado, esse romance não foi muito interessante e cativante para o grupo.