A asa esquerda do anjo - Lya Luft

Gísela pertencia a uma tradicional família alemã. Sua avó, Frau Wolf, era quem comandava a família, dizendo o que era certo ou não.Ela acreditava que os costumes dos Wolf, deveriam permanecer, mesmo aqui, no Brasil. 

Por essa razão ela obrigava Gísela a aprender a tocar piano, bordar, falar alemão, sentar, caminhar e comer como uma dama. Gísela, por sua vez, odiava tudo isso, pois era desajeitada. Ela se esforçava muito, mas nunca conseguia ser tão jeitosa quanto Anemarie.Anemarie, sua prima, era a perfeitinha da família, tudo o que fazia era correto.

Até que certo dia, Anemarie fugiu de casa com Stefan, o marido de sua tia Marta. Foi um choque para toda família, que virou chacota na cidade.Gísela perde sua mãe, de ataque cardíaco. Com a morte da mãe, Gísela termina o namoro com Leo. Este foi seu primeiro amor, mas não deu certo, pois tinha medo de se entregar a ele.

Dez anos depois de Anemarie ter fugido com o tio Stefan, volta ao lar da família, acometida de câncer que a levou à morte. Mesmo assim, Frau Wolf, não a perdoou, cuspindo no caixão de sua neta perfeitinha.

Depois morreu Frau Wolf, a matriarca da família.Apesar de nunca ter sido boa com os fazeres domésticos, Gísela aprendeu a cuidar da casa e de seu pai. E nesse meio tempo também morreu Leo, o seu grande amor, de acidente de carro.Com a família Wolf praticamente desestruturada, Gísela era a única que visitava o jazigo da família, porque desde pequena admirava o Anjo sentado à porta do jazigo.

Pesquisar

Compartilhe

Neste momento

Temos 128 visitantes e Nenhum membro online

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba as novidades sempre em seu e-mail.

© 2019 SOSEstudante.com. Todos os direitos reservados.

Pesquisar