Resumo sobre DHTML

Trabalho pronto escolar de informática sobre DHTML.

 22
Resumo sobre DHTML

DHTML, Dynamic HTML,  HTML Dinâmico, ou HTML Animado, é como se "convencionou" chamar à conjunção de vários componentes, principalmente linguagens de script, folhas de estilo (style sheets), e HTML, que permitem a criação de páginas que podem ser modificadas dinamicamente, ou seja, permitem alterar as propriedades de uma página HTML (cores, imagens, formulários, textos, etc) depois que ela foi carregada pelo browser. Atualmente há pelo menos 3 grandes grupos trabalhando no DHTML: 

o World Wide Web Consortium, que é o responsável pelas versões oficiais da HTML, a Netscape, e a Microsoft. Estas últimas disponibilizaram suas implementações de DHTML  a partir do Communicator (Navigator 4.0) e Internet Explorer 4.0, respectivamente, mas essas implementações não são 100% compatíveis (páginas DHTML criadas para o Netscape Communicator com alguma frequência não irão funcionar como planejado no Internet Explorer, e vice-versa). Portanto, podemos falar em DHTMLs, no plural. A Netscape e a Microsoft incluíram vários recursos extras que "turbinam" ainda mais o DHTML (em relação à especificação oficial). Em outras palavras, esses DHTMLs vão algo além da capacidade de alterar as propriedades das marcações (tags) HTML dinamicamente. O DHTML da Microsoft, por

exemplo, permite que se adicionem efeitos como sombra e néon a imagens dentro de um documento HTML. Já o recurso conhecido como Fontes

Dinâmicas (Dynamic Fonts), da Netscape, permite que fontes sejam transmitidas pelo servidor junto com o documento HTML, possibilitando, a qualquer browser que implemente esse recurso, mostrar os caracteres (que podem ser os de uma língua particular: japonês, chinês, russo, etc) exatamente como planejou o autor do documento. Resumindo, DHTML é um conjunto de ingredientes que proporcionam um controle sem precedentes sobre a apresentação do conteúdo de páginas da Web, além de possibilitar a inclusão de componentes multimídia (como animações) diretamente no código HTML, sem a necessidade de plug-ins. Toda a curiosidade em torno do HTML Dinâmico se justifica então, já que o mesmo estabelece novos patamares de interação e movimento na WWW a um baixo custo (medido em velocidade, abrangência e  flexibilidade, por exemplo, melhor do que em moeda corrente). Mas não o considere a oitava maravilha do mundo Internet.

Deveríamos estar sempre atentos aos recursos que surgem dia a dia. Sendo uma pré-adolescente, é de se esperar que a World Wide Web passe ainda por grandes transformações.