Resumo sobre o Karl Marx

Trabalho pronto escolar de personalidades sobre o Karl Marx.

 82
Resumo sobre o Karl Marx

Karl Heinrich Marx, nasceu em Trier em 5 de Maio de 1818 e morreu em Londres a 14 de Março de 1883. Economista, filósofo, socialista e militante revolucionário alemão. Estudou filosofia hegeliana na Universidade de Berlim, e formou-se em Iena, em 1841, com a tese sobre: "As Diferenças da Filosofia da Natureza de Demócrito e de Epicuro". 

Em 1842 assumiu a chefia da redação do Jornal Renano em Colônia, onde seus artigos radical-democratas irritaram as autoridades. 

Em 1843, mudou-se para Paris, editando em 1844 o primeiro volume dos Anais Germânico-Franceses, órgão principal dos hegelianos da esquerda. Entretanto, rompeu logo com os líderes deste movimento, Bruno Bauer e Ruge. 

Em 1844, conheceu em Paris, Friedrich Engels, começo de uma amizade íntima durante a vida toda. Foi no ano seguinte, expulso da França, radicando-se em Bruxelas e participando de organizações clandestinas de operários e exilados. Ao mesmo tempo em que na França estourou a revolução, em 24 de fevereiro de 1848, Marx e Engels publicaram o folheto O Manifesto Comunista, primeiro esboço da teoria revolucionária que, mais tarde, seria chamada marxista. Voltou para Paris, mas assumiu logo a chefia do Novo Jornal Renano em colônia, primeiro jornal diário francamente socialista. 

Depois da derrota de todos os movimentos revolucionários na Europa e o fechamento do jornal, cujos redatores foram denunciados e processados, Marx foi para Paris e daí expulso, para Londres, onde fixou residência. Em Londres, dedicou-se a vastos estudos econômicos e históricos, sendo frequentador assíduo da sala de leituras do British Museu. Escrevia artigos para jornais norte-americanos, sobre política exterior, mas sua situação material esteve sempre muito precária. Foi generosamente ajudado por Engels, que vivia em Manchester em boas condições financeiras. 

Em 1864, Marx foi co-fundador da Associação Internacional dos Operários, depois chamada I Internacional, desempenhando dominante papel de direção. 

Karl queria tornar o mundo justo e igualitário, sem miséria, um mundo voltado para os trabalhadores. Onde lutou para isto. 

Analisou os capitalistas como detentores dos meios de produção, exploradores e apropriadores da Mais-Valia (trabalho que o operário faz sem receber por isso - o que é a maior parte do trabalho). Sendo que desta forma, surge a desigualdade social, gerando fome e miséria. Desta forma, publicou em 1867 o primeiro volume de sua obra mais importante, O Capital. Os volumes seguintes dessa obra, para a qual reuniu vasta documentação, seriam publicados somente depois de sua morte. Para Marx, o capitalismo é a última forma de organização social baseada na exploração do homem do homem.