Resumo sobre o Tabagismo

Resumo de biologia sobre o Tabagismo.

Resumo sobre o Tabagismo
Tabagismo

Doença causada pelo excesso de nicotina no organismo. A nicotina é um dos componentes do tabaco e a responsável pela criação da dependência. Oito segundos depois de inalada, atinge a corrente sanguínea, chega ao cérebro e produz uma sensação de bem-estar. 

Essa sensação é seguida de redução da ansiedade, aumento da vigilância, diminuição da fome, perda de peso e melhoria da memória e da concentração. Além de atuar como relaxante, é estimulante, por elevar os níveis de adrenalina. No entanto, a fumaça do cigarro contém 4,7 mil substâncias químicas, das quais 60 são cancerígenas. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 20% da população mundial é fumante. Entre os homens, o índice é de 47% e, entre as mulheres, de 12%. Com o apelo de campanhas antitabagistas, o consumo de cigarro no hemisfério norte está caindo cerca de 1,5% ao ano. Em contrapartida, no hemisfério sul a taxa sobe na mesma proporção.

Consequências - O tabagismo é a causa de morte de uma pessoa a cada dez segundos em todo o mundo, de acordo com a OMS (em 1996, o total de mortes chegou a aproximadamente 3 milhões). Pelo menos um em cada três fumantes tem morte prematura, com cerca de 22 anos a menos que as taxas médias de expectativa de vida. 

O consumo de cigarro é responsável, ainda, por 90% dos casos de câncer de pulmão, 30% de outros tipos de câncer, 85% das doenças pulmonares e 50% das doenças cardiovasculares. Também aumenta em 400% a probabilidade de contrair infecções respiratórias por bactérias e vírus e em 800% o risco de derrame cerebral.

Além disso, duplica a velocidade de envelhecimento do organismo e predispõe à impotência sexual masculina. Já o fumante passivo tem de 200% a 300% mais risco de contrair câncer de pulmão que uma pessoa que não conviva com fumantes.