Resumo sobre Protistas

Trabalho pronto escolar de biologia sobre Protistas.

 42
Resumo sobre Protistas

Protozoários (heterótrofos)
Algas unicelulares (autótrofos)
Algas multicelulares (autótrofos)

CARACTERÍSTICAS:
Eucariontes
Unicelulares

PROTOZOÁRIOS
Classificação baseada na locomoção
Sarcodíneos (pseudópodes)
Flagelados (flagelos)
Ciliados (cílios)
Esporozoários (sem estruturas de locomoção)
Reprodução
Sarcodíneos: BIPARTIÇÃO (Célula se divide em duas);
Flagelados: BIPARTIÇÃO LONGITUDINAL;
Ciliados: DIVISÃO BINÁRIA (assexuada, macro e micro núcleo dividem-se e ocorre a formação de um sulco transversal , que divide a célula ao meio) CONJUGAÇÃO (assexuada);
Esporozoários: DIVISÃO MÚLTIPLA (assexuada, núcleo se divide, membrana fica resistente e envolve cada novo núcleo, formando vários merozoítos) ESPOROGONIA (sexuada, o zigoto (2n) sofre uma meiose, então os 4 esporozoítos (n) multiplicam-se por mitose, originando milhões de esporozoítos);

Doenças
Sarcodíneos: 
Amebíase (diarreias): Entamoeba histolytica (comida contaminada);

Flagelados:    
Úlcera de Bauru (úlceras na pele): Leishmania brasiliensis (picada do Phlebotumos);
Giardíase (disenteria): Giárdia lamblia (comida contaminada)
Doença do sono (sono): Trypanosoma (picada da mosca tsé-tsé)
Doença de Chagas: Trypanosoma cruzi (barbeiro, que defeca enquanto pica, e elimina os tripanossomos, que se instalam no coração e esôfago, provocando aumento deles. Essa doença não tem cura, e deve acabar com o mosquito)

Esporozoários: 
Malária (febre): Plasmodium malarie, Plasmodium vivax, Plasmodium falciparum ->só este mata. (picada do mosquito Anopheles; o homem é o hospedeiro intermediário, pois nele ocorre apenas a reprodução assexuada; o mosquito é o hospedeiro definitivo, pois nele ocorre reprodução sexuada). Ciclo: Plasmodium sp sofre meiose e seus esporos vão para o fígado. Lá eles se dividem por mitose, formando vários esporozoítos. Então, alguns esporozoítos saem do fígado e caem na corrente sanguínea, chegando às hemácias. Infectam as hemácias, fazem mitose e a hemácia, cheia de protozoários, se rompe, liberando os protozoários plasmodium sp e toxinas, que provocam a febre.