Trabalho Pronto - Dúvidas sobre estrelas, astronomia e astrologia

Perguntas e respostas sobre as estrelas e a diferença entre astronomia e astrologia.

 365
Trabalho Pronto - Dúvidas sobre estrelas, astronomia e astrologia

É verdade que, quando vemos as estrelas, elas estão no passado?

A maior unidade de medida de distância existente é o ano-luz, utilizado em astronomia, e que corresponde à distância percorrida pela luz em um ano (algo em torno de 9,5 trilhões de km). 

Observe que a velocidade da luz é de 300 mil km/s. Então, se, por exemplo, uma estrela está situada a uma distância igual a 50 anos-luz da Terra, a luz que vemos hoje é aquela que ela emitiu há 50 anos. Portanto, a visão que temos agora da estrela corresponde ao que ela foi há 50 anos. E a estrela do presente só iremos perceber daqui a 50 anos. No entanto, a distância entre a Terra e cada estrela existente no céu é diferente. Então, estamos observando, ao mesmo 
tempo, estrelas de diferentes épocas.

Qual a diferença entre Astrologia e Astronomia?

A diferença fundamental entre astrologia e astronomia é que a primeira não é uma ciência, ao passo que a Segunda é a ciência mais antiga da humanidade. A Astronomia começou a existir no momento em que o ser humano percebeu a diferença entre as estrelas e os planetas e começou a registrar as observações das posições desses corpos. Neste momento, ele passou a exercitar a astrometria. Posteriormente, não se contentando em apenas observar e registrar as 
posições, o ser humano começou a preocupar-se em explicar o porquê dos movimentos planetários.

Um novo ramo da astronomia, a astrofísica, começou com o estudo da física dos corpos celestes e hoje é o ramo predominante dentro da ciência astronômica. Desde seu nascimento, a astrometria tem se desenvolvido sempre num ritmo crescente, sobretudo nas últimas décadas, quanto naves espaciais conquistaram o Sistema Solar e telescópios observando em todos os comprimentos de onda descobriram objetos inusitados muito além de simples estrelas 
e planetas, e já atingiram 85% do limite do Universo.

Já a Astrologia nasceu na Antiguidade, a partir da crença de que, se certas configurações celestes determinavam a época de chuva e seca, a época de plantio e colheita, então essas configurações seriam também capazes de influenciar a vida de cada indivíduo.