Trabalho sobre o Sistema Genital Masculino

Trabalho pronto escolar de biologia sobre o Sistema Genital Masculino.

 66
Trabalho sobre o Sistema Genital Masculino

Sistema Genital Masculino
O sistema genital do macho consiste de:
Duas gônadas, os testículos, que produzem hormônio (células de Leydig) e células germinais, (espermatozoides). Hormônio  Testosterona.

Órgão copulador – Pênis.
Um sistema de tubos e túbulos, que indo do testículo ao pênis, levam às células para o exterior.
Glândulas anexas que produzem um líquido, que é expulso graças à musculatura lida de suas paredes, durante o ato sexual a qual se mistura aos espermatozóides, formando o sêmen. Esta excreção de breve duração é a ejaculação.
Testículo – No embrião, os testículos se desenvolvem a partir de gônadas indiferenciadas situadas no abdômen. Eles migram durante a vida extra-uterina no escroto, onde são mantidos a uma temperatura inferior à do corpo, requisito importante para que possam produzir os espermatozóides.

Sob a túnica serosa, apresenta espessa túnica albugínea, cápsula conjuntiva que se condensa em um ponto, formando o mediastino testicular ou corpo Highmore. Deste mediastino, septos que separam incompletamente os lóbulos do órgão. Cada lóbulo consiste de alguns túbulos seminíferos contorcidos nos quais se formam o espermatozóide, seguidos por túbulos retos.

Estes abrem-se na rede do testículo ou rete testeis ou recesso de Haller, de canais interanatomosados no mediastino. Desta rede partem dúctilos eferentes para a  cabeça do epidídimo. Extremamente longo e convoluto, o epidídimo possui um corpo em forma de vírgula situado na borda dorsolateral ou posterolateral do testículo; em sua cauda são armazenados os espermatozóides. O ducto deferente é a continuação do eferente na cauda do epidídimo e representa o canal excretor do testículo. Apresentando parede muscular lisa muito espessa sobe pelo funículo espermático e percorre o canal inguinal. Após cruzar os vasos ilíacos, alcança a face dorsal da bexiga, estando neste nível unido pela prega interdeferencial.

O funículo espermática compreende o ducto deferente, com seus vasos e nervos diferenciais, a artéria espermática, linfáticas e nervos do testículo e um rico plexo pampiforme de veias testiculares tortuosas.
Localização dos testículos nas espécies:
Garanhão – Estão na região inguinal. Seis eixos maiores são quase longitudinais.

------------------------------------------------

Arquivo ZIP contendo trabalho pronto em documento do Word, PDF, HTML ou outro para você copiar/editar como desejar.
Trabalho original com 4 páginas enviado por antigos usuários do SOSEstudante.com.
Necessita revisão, ajustes e/ou correções ortográficas.
FAÇA O DOWNLOAD DO ARQUIVO ABAIXO...

Arquivos