Resumo Testemunha em Perigo - Zahyra de Albuquerque Petry

Resumo do Livro Testemunha em Perigo de Zahyra de Albuquerque Petry.

Resumo Testemunha em Perigo - Zahyra de Albuquerque Petry
Testemunha em Perigo

Testemunha em Perigo  

Na cidade de Porto Alegre existia uma família, a mãe, o filho e a filha. A mãe se chamava Agostinha, o filho Augusto César de 13 anos e a menina Augusta de 15 anos, o pai havia morrido em um acidente.

A mãe trabalhava como faxineira para sustentar a família em um edifício de 16 andares. A filha para ajudar a mãe resolveu ajudar ela no trabalho e começar a limpar os andares, só que em uma bela tarde Augusta pegou no sono em um escritório no 12° andar e quando acordou viu três homens conversando, e um deles falaram:

 - Eu quero ele morto, ta entendido? Morto!

E uma voz mais fininha falou:

 - Quando é que ele chega?

E uma terceira voz fininha esganiçada, responde:

 - Tu não lê jornal, Laurindo Santana chega a Porto Alegre dia 22, ás 18 horas.

Naquela hora Augusta não conseguiu nem se mexer de medo que o encontrassem, ela abriu a porta devagar e foi saindo sem fazer barulho der repente uma escova cai no chão, ela gela de medo e os homens falam:

 - Tem alguém ai?

A voz fininha responde:

 - A esta hora não deve ter mais ninguém, mas vou dar uma olhada.

Quando os homens começaram a caminhar, ela saiu depressa pela porta e fechou-a com cuidado.

Logo que saiu do escritório foi para casa e contou tudo ao seu namorado Mauro, ele ficou curioso, pois o escritório que ela tinha acabado ir era de Dr. Marcus um dos homens mais queridos e legais do edifício, então Augusta achou que alguém estava fazendo reuniões em seu escritório sem ele saber.

No dia seguinte quando voltou ao escritório para fazer a faxina, entrou no escritório de Dr. Marcus e foi surpreendida por um homem alto e magro que lhe pegou pelo braço, ele lhe perguntou se era ela ontem a noite lá dentro e na hora que ela ia responder chegou Dr. Marcus, o homem largou seu braço e saiu, Dr. Marcus conversou com ela e ela contou toda a história sobre o Laurindo Santana de ontem à noite a ele. Dr. Marcus falou a ela que alguém podia estar lhe seguindo e deu a idéia de levá-la a sua casa no campo aonde ninguém iria lhe achar lá e ela aceitou. Dr. Marcus falou que avisaria sua mãe e que não tinha problema de ela ficar lá.

Quando chegaram lá ele a mandou descer e trancou-a em um armazém, como refém.

Ela até tinha desconfiado disso, mas agora não adiantava mais estava presa e com dois homens os capangas de Dr. Marcus.

Mauro ficou preocupado e desconfiou disso, falou com a mãe de Augusta e foi atrás de ajuda, Mauro resolveu ligar para seu amigo André, o inspetor de Canoas, e contar toda a história sobre Laurindo Santana a ele. André resolveu ajudar.

Mauro e André foram ao edifício e pediram para o guarda onde o Dr. Marcus morava ou se ele tinha alguma casa no campo ou na praia, e descobriram que sim, ele tinha uma casa no campo, lá em Itapuã, 50 quilômetros de Porto Alegre.

Eles chamaram amigos e foram lá, quando chegaram lá viram dois homens na frente do armazém tomando conta do lugar. Já que estava quase na hora de Laurindo Santana chegar a Porto Alegre eles ficaram de olhos nos caras e ficaram esperando quando eles passavam para interrogar eles. Eles colocaram Augusta no porta-malas e foram, quando passaram por eles André pediu para eles pararem, e mostrou a carteira da policia, os caras ficaram com medo, der repente Mauro ouviu chutes no porta-malas, André abriu e lá estava ela, Augusta abraçou Mauro enquanto André prendia os capangas de Dr. Marcus.

Eles foram até o aeroporto com a policia para pegar o Dr. Marcus, pois Laurindo Santana estava chegando e podia acontecer um desastre lá.

A Policia não estava achando o tal Dr. Marcus até que, Augusta e Mauro o viram puxando um revolver do bolso, Augusta correu e se atirou em cima dele, a policia viu e foi logo prende-lo.

Augusta ficou feliz, pois salvou a vida de Laurindo Santana e foi muito bem recebida por ele, com um jantar e uma recompensa em dinheiro.