Página Principal seta Biblioteca seta Geografia seta Resumo Relevo

Não Encontrou? Pesquise Aqui!

Resumo Relevo Imprimir E-mail
Escrito por SOS Estudante.com   


Bookmark and Share

Resumo: Relevo / Clima / Vegetação

Relevo:

Planícies: As planícies são limitadas por aclives, e o fenômeno da sedimentação supera o da erosão

Planaltos: Os planaltos são limitados por declives e o fenômeno da erosão supera o da sedimentação

Depressão: As depressões são áreas mais baixas em relação as Terras próximas. Podem ser relativas(quando acima do nível do mar) ou absolutas (quando abaixo do nível do mar) Ex: Mar Morto (depressão absoluta)

Montanhas: As montanhas formam - se por intermédio de movimentos conhecidos por orgânicos, quando materiais são comprimidos, do brados e soerguidos, dando origem as montanhas.

Os terrenos plásticos ao serem pressionados moldam - se a direção das forças, originando as dobras - sinclical (parte mais funda) e anticlical (parte mais alta) - enquanto os terrenos rígidos, ao serem pressionados fraturam - se podendo ocorrer ou não o seu desnivelamento (falhas)

Terreno Normal

Terreno Dobrado

Terreno Fraturado Terreno Falhado

Oceanos e Mares:

Os oceanos: são grandes reservatórios de água da Terra, fornecem alimento e produtos minerais tais como o sal e o petróleo. Exercem grande influência no clima, além de ter papel importante nos meios de transporte. São ótimos reguladores térmicos pois armazenam calor

Os mares: são porções de água salgada situada nas áreas costeiras ou no interior dos continentes. Possuem características próprias como:

Abertos ou costeiros à comunicam-se com os oceanos (ou mares) através de grandes aberturas. Ex: Mar do Norte

Mediterrâneos à comunicam - se com os oceanos (ou mares) através de pequenas aberturas. Ex: Mar Mediterrâneo

Fechados ou isolados à não se comunicam com os oceanos. Ex: Cáspio

O relevo submarino: o relevo submarino não é uniforme, apresenta grande diversidade morfológica. Suas porções principais são: plataforma continental, Talude, Região pelágica e região abissal.

Correntes marítimas: são "rios" que correm nos oceanos, seguindo determinada direção, e apresentando características próprias, como, salinidade, temperatura...

As correntes frias dificultam a evaporação influindo na diminuição das chuvas locais, mas em compensação facilitam a multiplicação de microorganismos, o que explica sua riqueza pesqueira.

As correntes quentes, ao contrário das frias, facilitam a evaporação, influindo assim no aumento do número de chuvas locais e da umidade local.

Existem várias correntes, entre ela destacamos:

Nova equatorial, que vem da África em direção à América Central, e é quente.

Do Golfo, parte da América Central em direção à América do Norte, é quente.

Das Canárias, vem da Europa em direção à África, é fria.

Sul Equatorial, vem da África em direção à América do Sul, quente

Do Brasil, quase que um prolongamento da Sul equatorial, passa exatamente no Brasil e é quente.

De Benguela, é uma corrente fria que contorna parte do litoral oeste a África.

Kuro - Shivo ou do Japão, é uma corrente fria que parte do Japão e vai de encontro ao oeste da América do Norte.

De Humbolat ou do Peru, contorna quase todo o litoral oeste da América do Sul, é uma corrente fria.

Do Labrador, corrente fria que passa entre a Groenlândia e a América do Norte.

Ova - Shivo ou Kurilas, passa entre a costa leste da Ásia (indo em direção ao Japão) e a costa oeste da América do Norte.

Groenlândia, corrente fria que acompanha o litoral leste da Groenlândia, é fria.

Das Guianas, vai do nordeste brasileiro em direção as Guianas e é uma corrente Quente.

Califórnia, corrente que desce pelo litoral da Califórnia, é fria.

Agulhas, passa entre Madagascar e o litoral sudeste da África.

Austrália, proveniente do oceano pacífico, indo até o litoral leste da Austrália, é uma corrente quente.

Falklands, corrente que sobe do extremo sul da América do Sul e atinge parte do litoral sudeste da mesma.

Clima e Vegetação

Clima: São variações da atmosfera durante determinado período (1 ano)

Tempo: É a observação momentânea da atmosfera

A temperatura pode variar de acordo com:

Estações do ano

Altitude

Latitude

Maior ou menor proximidade do mar

Vegetação

Correntes marítimas

Os ventos contra - alísios descendentes secos são um dos fatores responsáveis pelos climas secos nas latitudes médias.

Tipos de Chuvas

Convencção - são aquelas que ocorrem pela ascensão das massas de ar, sendo típicas nas áreas equatoriais.

Frontais ou de frente - Ocorrem pelo encontro de massas de ar com temperaturas diferentes, sendo típicas das latitudes médias.

Orográficas ou de relevo - os ventos úmidos, provenientes do oceano são obrigados a elevarem - se para ultrapassarem uma serra paralela a costa, deixando aí parte de sua umidade.

Massas de Ar

Equatorial Continental EC

Equatorial Atlântica EA

Tropical Continental TC

Tropical Atlântica TA

Polar Atlântica PA

Climas

Polar

Frio

Temperado

Subtropical

Tropical

Equatorial

Tropical

Subtropical

Temperado

Frio

Polar

Climas do Brasil

Equatorial à Floresta Amazônica

Tropical úmido à Florestas

Tropical semi - úmido à Cerrado

Tropical semi - árido à Caatinga

Tropical de altitude à Florestas e campos

Subtropical à Florestas e campos

A massa de ar polar que invade o Brasil de outono para inverno, provoca quedas de temperatura, chuvas neve e geada nas partes altas do planalto, quedas de temperatura na Amazônia Ocidental (friagem) além de influir nas chuvas de inverno no litoral nordestino.

 
< Anterior   Próximo >